O que é “programming”e por que isso é importante para a alimentação do meu bebê?

Você já parou para pensar na influência que os primeiros alimentos da vida do bebê terão na saúde dele no futuro? Qual é a real importância de uma introdução alimentar bem feita, com comidas saudáveis e nutritivas? A resposta para isso pode estar no fenômeno biológico chamado “Programming”.

“Metabolic programming” (“programação metabólica” em tradução livre) é a modificação permanente que ocorre no organismo devido a um fator externo, como por exemplo a alimentação. Fases iniciais do desenvolvimento do bebê são períodos especialmente susceptíveis e possuem efeitos a longo prazo na saúde dos pequenos. A alimentação saudável desde o nascimento e por toda a infância é fundamental para esta “programação” correta do organismo, reduzindo a chance de desenvolver doenças como obesidade, hipertensão e diabetes na vida adulta. Essas são doenças crônicas, de difícil manejo e tratamento e com consequências graves para a saúde. Estudos científicos já mostraram a correlação entre taxas de ganho de peso na primeira infância e maior chance de obesidade na infância, adolescência e vida adulta.

O paladar também começa a se formar logo na fase de apresentação aos novos alimentos. Um bebê acostumado ao excesso de sal e açúcar terá maior probabilidade de preferir alimentos com esses sabores ao crescer, tornando mais difícil resistir às tentações de alimentos super industrializados, quase como um vício. O cardápio do bebê deve contar com grande variedade de frutas, verduras, legumes, refeições preparadas em casa, poucos alimentos industrializados (comumente com excesso de conservantes, corantes, gorduras de má qualidade). Da mesma forma que o excesso de sal e açúcar pode “viciar” o paladar dos pequenos, uma dieta com sabores variados pode contribuir para uma menor seletividade de comidas com o passar do tempo.

Utilize o “programming” a seu favor. Facilite com que o seu bebê siga uma vida saudável com pouco esforço. Ao fazer escolhas saudáveis durante a fase de introdução alimentar do seu bebê você está garantindo saúde para o presente e também para o futuro!

 

Referências:

  • uptodate.com -William J Klish, MD “Definition; epidemiology; and etiology of obesity in children and adolescents”
  • Smego A, Woo JG, Klein J, et al. High Body Mass Index in Infancy May Predict Severe Obesity in Early Childhood. J Pediatr 2017; 183:87.
  • Owen CG, Martin RM, Whincup PH, et al. Effect of infant feeding on the risk of obesity across the life course: a quantitative review of published evidence. Pediatrics 2005; 115:1367.

Deixe uma resposta